Após a saída de Paulo Autuori e Ricardo Gomes, time de aspirantes só entra em campo nas partidas fora de casa

Mudanças estratégicas ocorreram no Furacão nesta semana. Após o departamento de futebol dar uma reviravolta com o pedido de demissão do diretor-técnico, Paulo Autuori (via mensagem de WhatsApp), e do diretor de futebol, Ricardo Gomes, o Athletico assume outra postura diante do Campeonato Paranaense.

Como um dos pontos que mais pesaram nos pedidos de demissão foi a divergência no andamento do time de aspirantes na disputa do estadual, com a saída da diretoria, a partir do jogo contra o Rio Branco, nesta quinta-feira às 21h, na Arena da Baixada, o time principal do Furacão é que entrará em campo. Assim como no clássico contra o Coritiba, dia 16 de fevereiro, no Couto Pereira.

A intenção do clube é dar ritmo aos jogadores do elenco titular que disputará a Recopa Sul-Americana contra o Palmeiras, que atualmente disputa o mundial, nos dias 23 de fevereiro, na Arena, e dia 2 de março, no Allianz Parque. O time já disputou um amistoso contra o Criciúma e tem uma partida marcada contra o Joinville. Porém, a falta de sequência no início da temporada ainda é uma preocupação no clube e, por conta disso, o elenco principal volta a atuar no gramado da Arena da Baixada durante o estadual.

O Campeonato Paranaense pode inscrever até 35 jogadores. O clube registrou até o momento 25 atletas, todos aspirantes. A equipe também tem direito a cinco trocas. Então, no total pode colocar 15 do elenco principal e tirar cinco aspirantes.

Os nomes ainda não foram divulgados, nem registrados na Federação Paranaense de Futebol.

OS 25 ASPIRANTES INSCRITOS PELO ATHLETICO

Goleiros: Anderson, Gabriel Pereira, Leo Linck

Lateral-direito: Leo Ataíde

Zagueiros: Edu, João Vialle, Lucas Fasson, Matheus Felipe, Luan Patrick, Lucas Halter

Laterais-esquerdos: Pedrinho, Vinicius Kauê

Volantes: Juninho, Pablo Siles, Pierre

Meias: Jader, João Pedro, Bruno Leite

Pontas: Davi, Dudu Scheit, Daniel Cruz, Reinaldo

Centroavantes: Jonathan, Julimar e Rômulo

JOGADORES DO ELENCO PRINCIPAL

Goleiros: Bento e Santos

Zagueiros: Zé Ivaldo, Nico Hernández, Pedro Henrique e Thiago Heleno

Laterais: Abner, Khellven e Marcinho

Volantes: Bryan García, Christian, Erick, Hugo Moura, Léo Cittadini e Matheus Fernandes

Pontas: Terans, Pedro Rocha, Jajá, Vitor Bueno e Marlos

Centroavantes: Bissoli, Pablo e Matheus Babi

LEGENDA: Time principal do Furacão entrará em campo já na partida contra o Rio Branco nesta quinta-feira, na Arena da Baixada. Fabio Wosniak/athletico.com.br

JAMES FREITAS É DEMITIDO

O técnico foi demitido na última terça-feira após o mau início do Campeonato Paranaense. O time, apesar de estar invicto na competição, é apenas o sétimo colocado e venceu somente uma partida.

O treinador foi a causa da discussão no CT do Caju que culminou na saída da diretoria.

Autuori era defensor do trabalho de James Freitas e queria a permanência do profissional no clube. O presidente Mario Celso Petraglia não queria mais a continuidade do técnico no Furacão. Paulo Autuori, que apostou na vinda do profissional, acabou divergindo do dirigente e pediu a demissão, seguido de Ricardo Gomes em forma de lealdade ao amigo.

Com a saída de Autuori do Athletico, não havia mais ninguém na diretoria que quisesse segurar James Freitas, e o treinador acabou mesmo demitido pelo clube. Contra o Rio Branco, o time será comandado pelo auxiliar Gustavo Caiche, que assumiu interinamente após a saída de Freitas.

James Freitas Athletico — Foto: Gustavo Oliveira/Athletico
James Freitas foi demitido após saída da diretoria do Athletico. Foto: Gustavo Oliveira/Athletico.com.br

NOVO TÉCNICO

O Furacão foi rápido e já contratou o técnico Wesley Carvalho para comandar o time de aspirantes. O profissional é aguardado em Curitiba para assinar contrato e iniciar o trabalho no CT do Caju. O CEO de Negócios de Futebol e Áreas Nacional e Internacional, Alexandre Mattos, ficou responsável em encontrar um novo treinador para a equipe sub-23 e, assim que Freitas foi desligado, Mattos já iniciou as conversas com Carvalho. Eles já trabalharam juntos no Palmeiras. Carvalho estava para assumir um novo projeto na base do Santos, mas a pedido de Mattos, aceitou o desafio no Furacão.

No Athletico, o técnico terá como primeiro objetivo o Paranaense. Ele comandará a equipe nos jogos fora de casa. Já Alberto Valentim ficará com os titulares nas partidas na Arena da Baixada.

O técnico Wesley Carvalho é aguardado em Curitiba para assinar contrato e iniciar o trabalho no CT do Caju. Fábio Menotti/Palmeiras

RIO BRANCO

O próximo adversário do Atlético perdeu a primeira partida do Estadual, para o Cascavel, por W.O., após não comparecer para a partida. Por ser W.O., o resultado do jogo foi de 3 a 0 para a Serpente Aurinegra.

O Rio Branco não conseguiu inscrever a tempo seus jogadores para o início do campeonato e por isso não entrou em campo. O Cascavel, como exige o regulamento, cumpriu o protocolo da Federação Paranaense de Futebol (FPF), compareceu ao estádio e aguardou em campo o adversário por meia hora, até que o W.O. fosse declarado pela arbitragem.

Ainda durante o dia da partida, o presidente do Cascavel, Valdinei Silva, assinou uma carta conjunta com a diretoria do Rio Branco pedindo à FPF o adiamento do jogo, em virtude dos problemas administrativos do adversário.

“Nós fomos solidários ao Rio Branco para mostrar como tem que ser no futebol paranaense. O futebol não é apenas um jogo, é um espetáculo que envolve torcida, clubes e muita gente. Por nós, faríamos o jogo em outra data sem nenhum problema. Porém, entendemos o regulamento da FPF e essa decisão foge da nossa alçada”, explicou o presidente Valdinei Silva.

Porém, mesmo tendo conseguido colocar seus atletas regularizados no gramado a partir da segunda rodada, o Rio Branco só ganhou uma partida no terceiro jogo, em Paranaguá, contra o Operário.

Em todas as outras saiu de campo derrotado. No último confronto, domingo, 6 de fevereiro, em casa, diante do Maringá, perdeu por 3 a 0. Com a única vitória, o time se encontra na décima primeira – penúltima – posição na tabela de classificação do estadual. Primeiro posto na zona de rebaixamento.

O Cascavel cumpriu o protocolo da FPF, compareceu ao estádio e aguardou em campo o adversário por meia hora, até que o W.O. fosse declarado pela arbitragem. Daniel Malucelli/FC Cascavel.

FEDERAÇÃO ANTECIPA HORÁRIO DO ATHLETIBA

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) alterou o horário do clássico entre Coritiba e Athletico, pela oitava rodada do Campeonato Paranaense. O Athletiba estava previsto para ocorrer dia 16 de fevereiro, próxima quarta-feira, no Couto Pereira, às 21h30. Mas a FPF antecipou a partida para às 20h30.

ACESSO BIOMÉTRICO

Os Sócios do Furacão poderão contar novamente com o acesso biométrico nos jogos do Athletico, no Estádio Joaquim Américo.

O sistema começou a ser reativado na última partida e seguirá sendo reimplantado nas próximas partidas, incluindo o confronto contra o Rio Branco.

Dessa forma, os sócios voltarão a acessar os jogos com a biometria e o Smart Card. Os que ainda não possuem a biometria serão comunicados por e-mail e SMS sobre a necessidade do cadastro biométrico. O cadastro poderá ser realizado no Espaço Sócio Furacão (ESF), de terça a sábado, das 9h às 18h.

Para cadastrar a biometria, os Sócios Furacão devem apresentar o Smart Card e um documento de identificação oficial com foto.

Compartilhe esse conteudo