Aleílson, que tem hoje 37 anos e defende a camisa do Trem do Macapá, cravou o seu nome na história do futebol brasileiro ao se tornar o maior artilheiro de toda a história da Série D do Campeonato Brasileiro após marcar dois gols no último fim de semana.

O atacante já foi até mesmo campeão brasileiro com o Flamengo no ano de 2009, mostrando assim que desde muito cedo o atleta vem se empenhando para hoje estar neste patamar.

Imagem de Aleílson ao lado do Adriano Imperador na época em que ele atuava pelo Flamengo. Foto: Torcedores.

A Série D do Campeonato Brasileiro, que é equivalente à quarta divisão do futebol nacional começou a ser disputada no ano de 2009, e hoje, Aleílson se encontra com uma marca de 28 gols na competição, dois a mais que Nonato, que tem hoje 26 gols na história do torneio.

Aleison foi o responsável por marcar dois dos quatro gols do Trem contra o Porto Velho-RO em um jogo válido pela décima rodada da competição nacional que aconteceu no fim de semana.

E como se não bastasse Aleílson ter atingido esta marca expressiva, o exímio atacante também briga hoje pela artilharia da Série D de 2022 com o outro atacante, Rafael Tavares, do Amazonas, já que tanto um, quanto o outro hoje tem 9 gols marcados nesta edição.

Imagem de Aleílson atuando com a camisa do Trem. Foto: Globo Esporte.

O agora artilheiro da competição chegou ao Trem, que inclusive é o campeão do Campeonato Amapaense de futebol em abril, mostrando assim que o atacante não precisou de muito tempo para se ambientar em sua nova equipe.

E para se ter uma noção do quão Aleílson é íntimo de marcas estrondosas, ele também cravou seu nome na história da Série D após marcar quatro gols em uma única partida, no jogo que terminou em um gritante 10 x 2 contra o Náutico-RR.

O atacante antes de chegar no Trem fez passagens por clubes como Bahia, Flamengo, Remo, Paysandu, Red Bull Brasil, entre outras equipes.

E você, o que achou deste feito de Aleílson?
Deixe seu palpite!





Compartilhe esse conteudo