Lateral e meia já treinam com o elenco em Teresina e aguardam a liberação burocrática para disputar a terceirona

Dupla estava suspensa na Rússia e decidiu tentar a sorte no Brasil

A invasão da Rússia à Ucrânia causou muitos problemas para todos no globo terrestre. Da mera sobrevivência à economia, todo o mundo está sendo afetado por essa guerra no continente europeu.

E o caminho mais comum tem sido a fuga de estrangeiros da Ucrânia. Só de brasileiros, na primeira e na segunda divisão do futebol daquele país, contamos mais de 40, que tiveram de atravessar a fronteira e até mesmo o continente, seja para retornar ao Brasil ou para buscar um novo clube na Europa.

Mas a novidade é que o Altos do Piauí decidiu investir na contratação de dois jogadores russos. Assim, o lateral esquerdo Anatoliy Negoda e o meio-campista Dmitriy Andriyakhin são os novos contratados do Jacaré, reforçando o clube para a disputa da série C.

O Altos do Piauí vai enfrentar o Botafogo de Ribeirão Preto em sua estreia pela terceira divisão. Até lá, os russos já devem estar regularizados. Ambos estão treinando com o elenco e se adaptando ao novo lar, em Teresina.

Dmitriy Andriyakhin escreveu em seu instagram: “Novo desafio”

Conheça os russos

Com 1 metro e 83 centímetros, Anatoliy Negoda, de 26 anos, é lateral esquerdo de origem, mas pode atuar na direita e até na meia se for o caso. Seu valor de mercado está estipulado em cem mil euros. Ele começou no Tom 2 Tomsk, subindo para o profissional em 2016. Desde então, já passou pelo Chita, Druzhba Maikop e Mettalurg Vidn.

Anatoliy Negoda irá disputar vaga com o titular Dieyson e com o reserva Alexandre Pinho.

Também com 26 anos, Dmitriy Andriyakhin pode jogar tanto de meia quanto de volante. Com 1,75m, não é tão alto, mas compensa na agilidade e na mobilidade. Ele começou no FK Yelets, passando depois por Titan Klin, Orel, Volna Koverkino, Ocean Kerch e finalmente Mettalurg Vidn, todos clubes russos.

Além da Série C, o Altos do Piuaí segue vivo na Copa do Brasil. O Jacaré eliminou o ABC nas penalidades máximas neste meio de semana, avançando para a terceira fase do torneio de mata-mata nacional.

Com a vitória, mais R$1,9 milhão foi para o cofre do clube, que já ultrapassa os R$3 milhões em premiações por disputar a Copa do Brasil. O próximo adversário ainda não está definido.

Já na Copa do Nordeste, o Altos enfrenta amanhã o CSA, precisando de um milagre. Além de vencer a sua partida no estádio Rei Pelé, terá de torcer por derrotas dos clubes que estão a sua frente na tabela de classificação. Assim, Náutico, Bahia, Sousa e Botafogo-PB precisam ser derrotados para que o Altos consiga uma vaga nas quartas de final da Lampions League.


Compartilhe esse conteudo