Conhecido no Catar pelo seu desempenho nos campeonatos e também por ser o time com o maior número de torcedores do país, o Al-Arabi Sports Club foi fundado em abril de 1952 e já passou por diversos altos e baixos.

O clube teve a sua primeira vitória em campeonato na Liga do Qatar apenas na temporada de 1983-84, e ficou ainda mais popular no país, após dominar o futebol durante décadas.

Por conta da grande sequência de vitórias, o Al-Arabi ficou conhecido como "O Time Dos Sonhos" ou, em árabe, “Diabos Vermelhos”. Além disso, ele também conseguiu se destacar fora do Oriente Médio após a contratação do atacante argentino Gabriel Batistuta, em 2003.

Atualmente, o Al-Arabi é o segundo clube mais bem-sucedido ao nível local, depois do Al-Sadd. Aliás, seu principal rival é o Al-Rayyan.

Time do Al-Arabi reunido antes da partida pelo campeonato Catar (Foto: Reprodução/Site oficial do Al-Arabi)

A confusão que definiu o nome do clube

O Al-Arabi possui uma história engraçada em relação ao seu nome. Isso porque, o clube foi fundado com o nome de “Al-Tahrir”. Entretanto, em 1957 ele acabou sendo confundido com o Al-Wehda, uma associação criada naquele ano por Mohamed Ansari, após jogar um amistoso.

Com isso, o clube passou a se chamar Al-Wehda. Mas, mesmo com o novo nome, ele não conseguiu atuar fora do Qatar, por conta do seu baixo poder financeiro. Já no ano de 1972, o time adotou a denominação atual, Al Arabi, a qual usa atualmente.

A casa do Al-Arabi Sports Club

Com um gramado natural, o Al-Arabi tem como casa um dos estádios mais conhecidos do Oriente Médio, o Grand Hamad Stadium, localizado na cidade de Doha - onde o time também foi fundado

Estádio onde o Al-Arabi conta com o apoio da sua torcida para buscar as vitórias (Foto: Markus Linke)


O local tem capacidade de receber 18 mil espectadores, incluindo os setores VIPs e foi construído em 2006. Apesar das suas características positivas, o Al-Arabi não é o único clube que tem o estádio como casa, pois ele também é utilizado no dia a dia pelo Umm Salal SC e Al-Shahania SC.

Levantando a taça da Liga do Qatar pela primeira vez

Apesar de ter tido a oportunidade de disputar a Liga do Qatar em 1982, não foi na sua estreia que o time do Catar conseguiu ser o campeão da edição. Ao contrário disso, ele ficou na 14ª colocação.

Entretanto, pouco mais de um ano depois, na temporada de 1983/1984, o time retornou ao campeonato e ganhou o seu primeiro título da Liga do Qatar.

Depois disso, o Al-Arabi voltou a levantar a taça da Liga outras seis vezes, sendo na temporada de 1985/1986, 1991/1992, 1993/1994, 1994/1995, 1996/1997 e, por último em 1997/1998.

Dando a volta por cima

Desde que conquistou a sua última vitória na Liga do Qatar, o Al-Arabi não passou por uma boa fase, e estima recuperar-se, especialmente em relação à administração do clube, feita por Sheikh Falah, no passado.

Por conta de diversos erros no gerenciamento do time, muitos dos seus torcedores criticaram o clube, e em 2006 houve uma mudança em sua administração, quando assumiu o Sheikh Faisal Escaninho Mubrak.

Com essa mudança importante, o Al-Arabi voltou a ser campeão da Copa Sheikh Jassem do Qatar, quebrando treze anos na fila de títulos.

Vale destacar que em relação à administração do elenco, o clube conta com o técnico Younes Ali, de 39 anos.

Atualmente, o técnico aplica no time uma das suas formações preferidas: 4-2-3-1, que possibilitou o Al-Arabi a conquistar oito vitórias dos 17 jogos que fez na Qatar Stars League e outras duas vitórias dos oito jogos que realizou na Qatari Stars Cup (Ooredoo) este ano.

Como treinador Younes Ali também já teve passagem pelo Qatar SC e Al-Markhiya. Já quando era jogador vestiu a camisa do Al-Ahli SC, Umm Salal SC, Al-Rayyan SC e Umm Salal SC.

Brasileiros na organização do time

Uma das curiosidades do famoso Al-Arabi é que apesar dele não contar com nenhum brasileiro na sua equipe atualmente, ele já teve diversos treinadores de nacionalidade brasileira.

No total foram nove vezes que o clube teve à frente do seu time técnicos brasileiros. O mais recente deles foi o Roberto Carlos, no ano de 2015.

Além dele, Paulo César Gusmão, Silas, Péricles Chamusca, Zé Mario, Abel Braga, Adilson Fernandes e Carlos Roberto Pereira, que também comandou a seleção brasileira, também já estiveram no comando técnico do Al-Arabi.

Temporada passada bateu na trave a vaga na Champions

A temporada 2020/2021, foi de muito trabalho para o Al-Arabi que teve o melhor desempenho no comparativo com os últimos anos.

O clube ficou na quinta colocação após ter feito uma boa campanha, obtendo 26 pontos em 17 partidas disputadas.

Ao todo, o time conquistou oito vitórias, dois empates e perdeu sete jogos para seus adversários. Marcou 22 gols e sofreu 23 na competição do Catar.

Porém, a vaga na Liga dos Campeões da Africa ficou para esta temporada, uma vez que para conseguir entrar na fase de classificação, o time precisa ter somado 31 pontos, feitos pelo Al-Wakrah

Desempenho do clube em 2022

Durante este ano, o clube disputa duas importantes competições, a Qatar Stars League e a Qatari Stars Cup (Ooredoo).

Na Qatar Stars League o clube está na 18ª rodada, e vem carregando resultados bastante equilibrados, entre vitórias e derrotas. Até agora, ele já conquistou 8 vitórias, 7 derrotas e 2 empates. Na sua próxima partida pela competição ele deve enfrentar o Al-Ahli.

Jogador do Al-Arabi comemorando gol (Foto: Reprodução/Instagram Al-Arabi)

Já no Qatari Stars Cup o Al-Arabi teve 2 vitórias, 3 empates e 3 derrotas. A sua próxima disputa no campeonato será contra o Al-Sailiya pelas oitavas de final da competição.

O jeito é ficar de olho aqui no blog Bets e conferir como vai ser o andamento do Al-Arabi na competição, além da possibilidade de ficar bem informado sobre os diversos esportes do planeta.

Compartilhe esse conteudo