Conheça tudo sobre a competição que tem o Barcelona como o maior vencedor.

A competição que reúne o campeão, o vice e o terceiro colocado da Copa da Espanha, além do time campeão da Liga nacional de futebol feminino. Com o formato de mata-mata, o torneio tem no Barcelona o grande campeão de três das últimas quatro edições.

O começo da disputa do torneio é no ano de 1997, em um formato diferente do atual, com apenas dois times brigando pelo troféu, em jogos de ida e volta. Esse modelo durou até o ano 2000, que teve o Levante como o último campeão nesse formato.

De 2019 para cá, o crescimento do Barcelona no cenário nacional fez com que o time se tornasse o grande expoente do futebol local. Com a maior parte do time sendo base para a Seleção Espanhola, o trabalho do clube catalão na modalidade é excelente.

Pessoas em campo de futebol

Descrição gerada automaticamente
Barcelona campeão da temporada 2021/22 da Supercopa. Foto: Portal Esporte News Mundo

Campeão de todos os títulos que poderia disputar ao longo dos últimos anos, o Barça tem um time leve e rápido, como é a essência do clube. Além disso, possui em Alexia Putellas a grande destaque e camisa 10 da equipe catalã.

A jogadora eleita a melhor do mundo na última temporada pela FIFA, é uma atração a parte nos jogos do Barcelona. Com um raciocínio rápido e decisiva nas horas necessárias, Alexia é uma das maiores atletas que já vestiu a camisa do time da Catalunha, e ela já conquistou toda a torcida do time.

Barcelona é a equipe a ser batida no cenário espanhol

Com um time forte a nível de competir e brigar pelo título da Champions League Feminina, o Barcelona vem investindo forte na modalidade. O trabalho de peneira feito nas escolas do clube, parecido com o que é feito no futebol masculino, tem rendido ótimos frutos para a equipe da Catalunha.

O time que se destaca mais a cada temporada, tem no seu ataque a grande arma da equipe. Alexia Putellas, Lieke Mertens e Jennifer Hermoso são os grandes destaques individuais do Barça, e a cada temporada seu entrosa melhora e entusiasma os torcedores do time catalão.

Putellas é a que tem a história mais longa com o Barça. A jogadora de 28 anos, começou a carreira no rival regional, o Espanyol. Depois, passou uma temporada no Levante, até ser contratada pela equipe do Barcelona em 2012.

Jogador de futebol correndo no campo

Descrição gerada automaticamente
Alexia Putellas é a grande jogadora do time. Foto: Twitter

De lá para cá, Alexia se destaca a cada ano, como a principal jogadora espanhola em atividade, e acumula 271 jogos pelo Barcelona e 117 gols pela equipe. A segunda com mais tempo de casa, é a ponta holandesa Martens.

Uma das maiores jogadoras holandesas, Martens é conhecida pela sua habilidade e o chute com efeito que costumam causar estragos aos times adversários. A jogadora é presença constante na Seleção Holandesa, e já foi eleita melhor do mundo pela FIFA em 2017.

A terceira peça do tridente ofensivo do Barcelona, Hermoso se juntou ao clube catalão em 2019. Até o momento, os números da atacante espanhola são fantásticos. Com 47 jogos e 54 gols marcados, é a grande goleadora do time catalão.

Um dos maiores rivais, o Real Madrid sentiu a força do Barça na última edição do torneio

O Real Madrid, eterno rival do time do Barcelona, e que carrega consigo o peso de ser “o maior time do mundo”, busca igualar a qualidade da equipe comandada por Alexia Putellas. Na última edição do torneio, durante a semifinal, um jogo amarrado e com poucas chances de gols.

Até que Putellas resolveu decidir a partida para o time catalão. Aos 46 minutos do segundo tempo, a camisa 11 fez o gol decisivo e que classificou o Barcelona para a grande decisão do torneio, que foi jogada com o Atlético de Madrid.

Grupo de pessoas jogando futebol em um campo

Descrição gerada automaticamente
Alexia comemora seu gol com as companheiras. Foto: Globo Esporte

O gol foi muito comemorado e Alexia escolhida como a melhor em campo. Dali em diante, bastava um jogo para o Barcelona manter o título da Supercopa Espanhola.

O jogo contra o Atlético de Madrid reafirmou a superioridade do Barça em relação aos demais

7 a 0. Um placar histórico. Mas, que serviu para que o Barcelona retomasse o título da Supercopa. Com uma atuação histórica do time catalão, Hansen e Martens foram os grandes destaques da conquista do Barcelona, que venceu o seu segundo título da competição.

Logo aos 16 minutos de jogo, Engen abre o marcador. Na sequência, Hansen começa a aparecer para o jogo. Com dois gols, aos 24 e 27 minutos do primeiro tempo, a jogadora começa a mostrar a que veio no jogo.

O restante dos gols, saíram na segunda etapa. Rolfö fez o quarto aos 2 minutos do segundo tempo, e Hansen o sexto aos 5 minutos da segunda etapa. Depois, Martens resolveu participar da festa, e marcou os dois gols que fecharam a goleada por 7 a 0.

O jogo ficou marcado por uma das cenas de respeito à uma atleta mais lindas já vistas na história do esporte. Virginia Torrecilla, atleta do Atlético de Madrid, entra em campo faltando quatro minutos para acabar o jogo.

Grupo de pessoas em campo de futebol

Descrição gerada automaticamente
Time do Atlético comemorando a vaga na final dessa temporada. Foto: Blog Olimpíada Todo Dia

A atleta que tinha acabado de superar um tumor no cérebro, retornava aos gramados aplaudida por todas as outras atletas e pelo público presente no estádio La Ciudad del Fútbol, no município de Las Rozas de Madrid.

Ao final do jogo, o Barça ergueu a taça e retomou o título de grande campeão da Supercopa Espanhola. A próxima edição do torneio acontece em 2023, após a definição dos participantes.

Quer ficar ligado em tudo o que acontece no futebol espanhol? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado sobre tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo