O Futebol no Equador também conta com um forte campeonato mesmo fora da divisão da elite. Conhecido como a Primera Categoria Serie B, ou simplesmente Serie B, ou ainda Primera B, é uma liga profissional da segunda divisão do sistema de campeonatos equatorianos.

Atualmente, a competição conta com 10 equipes participantes que disputam com muita energia e dedicação um espaço para chegar, ou até mesmo voltar para a LigaPro, ou então para não cair para a Segunda Categoria de Nível Inferior, algo como a terceira divisão aqui no Brasil.

A temporada dessa competição é bastante longa e começa no mês de fevereiro, tendo seu ciclo encerrado em dezembro, sendo disputada no modelo tradicional de pontos corridos em dois turnos.

Após todas as partidas do torneio, em turno e returno, onde todos jogam contra todos, ao final das 36 rodadas os dois primeiros colocados serão coroados como campeão e vice-campeão respectivamente. Algo semelhante ao que ocorre no Campeonato Brasileiro.

Além disso, as duas piores equipes, com as menores pontuações, vão encarar a dureza da Segunda Categoria no ano seguinte.

Cumbayá foi a última equipe a vencer a Primera Categoria Serie B (Foto: Divulgação site oficial Primera Categoria Série B)

No último torneio, a equipe Cumbayá garantiu o seu primeiro título, após conquistar 67 pontos em todos os jogos da competição - incluindo os playoffs, com 20 vitórias, sete empates e 10 derrotas.

O outro time a conquistar a vaga para a LigaPro foi o Gualaceo Sporting Club com 60 pontos conquistados, ficando com o vice-campeonato.

Da criação da Primera Categoria Serie B até os dias atuais

A Primera Categoria Serie B surgiu da necessidade de ter mais divisões de futebol no Equador, quando o esporte estava em franco crescimento na década de 70 para evitar inchaços de times na LigaPro.

Jogadores do Portoviejo comemoram triunfo sobre a Chacaritas em partida válida pela Primera Categoria Serie B (Foto: Divulgação site oficial Primera Categoria Série B)

Como solução, em 1971 o torneio é criado, sendo então disputado anualmente (com exceção nos anos de 1973 e de 83 a 88). Algumas vezes aconteceram dois torneios por ano.

Além disso, o número de equipes promovidas para a primeira divisão equatoriana ou rebaixadas para a terceira divisão foram modificadas ao longo da trajetória da competição, de acordo com o que deveria acontecer na LigaPro.

Times tradicionais já encararam a Primera Categoria Serie B

Times tradicionais do Equador já enfrentaram o desafio de disputar a competição ao longo dos anos. A Primera Categoria Serie B já teve diversos times campeões da LigaPro desfilando em seus gramados.

Um dos maiores campeões da LigaPro, o Emelec, já teve o seu calvário na temporada de 1981, mas o campeoníssimo time que tem 14 taças da primeira divisão, encarou o desafio com tranquilidade e acabou campeão da segunda divisão e retornou a elite.

Outra equipe detentora de muitos títulos da LigaPro e vencedora da Taça Libertadores e Copa Sul-Americana, a LDU também encarou as dificuldades da Primera Categoria Serie B. Tendo conquistado o título em duas oportunidades, sendo a primeira delas em 1974 e posteriormente em 2001.

Mais uma equipe tradicional do Equador que conquistou o título da competição é o El Nacional. Com 13 títulos da LigaPro na sua sala de troféus, o ano de 1979 foi quando os El Rojo levantaram o título do torneio.

El Nacional, aliás, este ano compete na Primera Categoria Serie B, local onde vem frequentando nos últimos anos, em busca da redenção e o retorno triunfante para a elite equatoriana.

Tradicional equipe equatoriana, o El Nacional segue na Primera Categoria Serie B em busca do acesso para a elite do futebol (Foto: Divulgação site oficial do El Nacional)

Outras equipes que já ganharam a LigaPro também estiveram na segundona, como é o caso do Deportivo Quito, Independiente Del Valle, Delfín, Deportivo Cuenca, Olmedo e Everest.

Muitos campeões surgiram na Primera Categoria Serie B

Diferente da LigaPro, onde apenas 10 equipes conquistaram o campeonato da primeira divisão, na Primera Categoria Serie B, a distribuição de taças acontece de forma mais equivalente entre os times que disputam a competição.

Desde a sua fundação até os dias de hoje, trinta e dois clubes diferentes já venceram a Serie B. Entretanto, somente doze venceram várias vezes a dura competição.

Confira abaixo um panorama dos times vitoriosos:

O líder de taças é o Técnico Universitário com seis conquistas; seguido por LDU Portoviejo com cinco; Macará com quatro taças; Aucas, Olmedo, Quevedo e Universidad Católica tem três troféus cada um.

Dando sequência com dois títulos temos Espoli, Delfín, Deportivo Cuenca, LDU e Manta Sport Club.

Para fechar a lista dos campeões, com apenas um título, são inúmeras equipes e entre elas estão os tradicionais: Emelec, El Nacional, América de Quito, Deportivo Quito e Independiente del Valle.

E como fica a lista de títulos por cidade?

Diferente da LigaPro onde os títulos ficam basicamente empilhados entre as cidades de Guayaquil e Quito, na Primera Categoria Serie B os troféus estão divididos em mais cidades.

Quito segue na frente com 13 conquistas, na vice-liderança vem o município de Ambato com 11 títulos e em terceiro lugar a cidade de Manta com seis taças.

Na sequência temos Portoviejo com cinco títulos; Cuenca, Guayaquil, Machala e Riobamba contam com três títulos dos times de suas respectivas cidades.

Com mais de uma conquista finalizamos com a cidade de Esmeraldas com duas taças obtidas.

Na lista de municípios equatorianos com ao menos uma conquista encontram-se as cidades de Azogues, Cumbayá, El Guabo, Ibarra, Loja, Pasaje, Quevedo e Sangolquí.

Deportivo América se prepara para mais uma temporada em busca do acesso (Foto: Divulgação redes sociais Deportivo América)

Mais uma temporada se iniciará em breve e novas, e emocionantes partidas acontecerão em solo equatoriano. Quem será que vai conseguir os acessos na Primera Categoria Serie B?

Será que equipes tradicionais, como é o caso do El Nacional e Deportivo América conseguem retornar ao cenário de elite? Façam as suas apostas e que vença o melhor time.

Compartilhe esse conteudo