Entre os clubes, o Sparta Praga é o time que mais revelou grandes jogadores ao longo deste século.

Uma das grandes seleções europeias no começo dos anos 2000, a República Tcheca teve ótimos jogadores que passaram pela principal competição de clubes do país, na categoria sub 19: a Liga de Futebol da República Tcheca.

Entre os grandes atletas que começaram a sua trajetória no futebol no torneio nacional, em comum, a equipe que a maioria iniciou a carreira no esporte: o Sparta Praga. A relação entre o Sparta e a competição nacional, mostra o quão forte é o seu trabalho nas categorias de base.

Grupo de homens com uniforme de futebol

Descrição gerada automaticamente
A República Tcheca entre 2002/2006, foi um dos grandes times do futebol europeu. Foto: Portal 4oito

Jogadores como Petr Cech, Pavel Nedved, Tomas Rosicky e Jan Koller, históricos jogadores da seleção nacional, tiveram a oportunidade de iniciar a carreira no torneio nacional sub 19, e todos com passagem marcantes pelo Sparta Praga.

Um dos grandes goleiros no futebol europeu, Petr Cech, marcou seu nome na história do Chelsea

O arqueiro de 1,96 metros, foi destaque do Sparta Praga entre os anos de 2001 e 2002. O jovem goleiro tcheco chamava a atenção de outros clubes pela boa saída do gol e as defesas dignas de um grande defensor.

Cech tem no Rennes (França), um período de ascensão dentro do cenário europeu. O goleiro permanece na equipe francesa de 2002 a 2004, e na sequência, encara o grande desafio de sua carreira: o Chelsea.

A equipe inglesa que começava a temporada 2004/05, com o aporte financeiro de Roman Abramovich, passou a montar equipes fortes ao longo dos próximos anos. Para a primeira temporada como dono do clube, o mandatário russo apostou em José Mourinho para comandar o time.

Mulher jogando futebol

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Petr Cech foi um grande goleiro do Chelsea. Foto: Jovem Pan

O treinador viu em Cech, a aposta ideal para suprir as necessidades dos Blues, e começar a montar uma equipe muito qualificada, pelo grande goleiro tcheco. Entre as conquistas que marcam a história do arqueiro no clube inglês, estão quatro títulos da Premier League, nas temporadas de 2004/05, 2005/06, 2009/10 e 2014/15.

Além disso, o goleiro foi campeão com o clube inglês da Liga dos Campeões da UEFA na temporada 2011/12, e da Liga Europa na temporada seguinte. Ambas as conquistas, foram as primeiras de cada competição para o Chelsea.

Cech foi um dos grandes goleiros do futebol mundial, e entre os feitos do goleiro, o recorde de 855 minutos sem levar gol defendo a meta da Seleção Tcheca, é um dos maiores feitos do arqueiro representando seu país.

Do Sparta para a Itália, Nedved brilhou nos gramados italianos

Considerado como um dos grandes ídolos recentes da história da Juventus (Itália), Pavel Nedved participou do Liga Tcheca de Futebol sub 19. O meia é um dos maiores expoentes da história do futebol local, e teve grande destaque, em dois times italianos.

No começo da carreira, foram quatro anos no Sparta Praga, até a ida para a Lazio. Ali, começava uma das grandes histórias de um meia de fora do país no futebol italiano. O jogador teve grande destaque na Lazio, ao longo de cinco temporadas pelo time da capital do país.

Na sequência, a ida para a Juventus, potencializou o jogador, que ainda venceu uma edição do prêmio da revista francesa “France Football”, o “Ballon D’or” de 2003, entregue ao melhor jogador da temporada, segundo votação de jornalistas.

Jogador de futebol

Descrição gerada automaticamente
Nedved é um dos maiores ídolos da Juventus. Foto: Transfermarkt

Além do destaque internacional, Nedved conquistou a idolatria dos torcedores locais, após consecutivas conquistas no cenário italiano com a Juventus. O bicampeonato do Calcio, nas temporadas de 2001/02 e 2002/03, foi muito comemorado por seus torcedores.

A ligação entre o tcheco e a Juve é tão forte, que mesmo após encerrar sua carreira, o meia continua prestando serviços ao clube italiano, e atualmente é diretor técnico da equipe italiana.

Rosický e Koller tiveram destaque juntos no Borussia Dortmund

Tomas Rosický, habilidoso meia tcheco, e Jan Koller, artilheiro da Seleção Checa entre os anos de 1999 e 2009, fizeram história em dois times. E em um deles, os jogadores foram os grandes nomes do elenco, por cerca de cinco anos.

Koller começou sua carreira no futebol tcheco em 1994, pelo Sparta Praga. O jogador que permaneceu no clube tcheco por duas temporadas, ainda passou pelos belgas Lokeren e Anderlecht, até chegar ao Borussia Dortmund (Alemanha) em 2001.

Lá, o jogador permaneceu por cinco temporadas, e foi um dos jogadores mais amados pela torcida maluca do Borussia, enquanto esteve no clube alemão. Ali marcaria o encontro entre os dois conterrâneos pela primeira vez.

Rosický foi um meia que despontou no Sparta Praga (assim como Koller), em 1998. Na equipe tcheca, o jogador permaneceu por três temporadas. Na sequência, a transferência para o Borussia, marcaria uma época em que ele e Jan Koller fariam uma dupla fortíssima com a camisa do clube alemão.

Jogador de futebol

Descrição gerada automaticamente
Rosický e Koller foram uma dupla de sucesso no Borussia Dortmund. Foto: Sport Aktuálne

Pelo clube alemão, a dupla foi a principal responsável pela conquista da Bundesliga na temporada de 2001/02 pelo gigante local. O Borussia que vinha de um incômodo jejum de seis anos sem levantar o troféu nacional, teve o destaque da conquista, a dupla tcheca.

Na sequência das carreiras, Rosický assinou contrato com o Arsenal (Inglaterra), e permaneceu no clube até o fim da temporada 2015/16. Já Koller, marcou seu nome como o jogador com mais gols com a camisa da Seleção Tcheca.

O atacante encerrou a sua carreira no Cannes (França), e antes de chegar até o clube francês, teve rápidas passagens por Monaco (França) e Nuremberg (Alemanha).

Quer ficar ligado em tudo o que rola no futebol europeu? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado em tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo