Conheça mais sobre a competição que dá o pontapé inicial na temporada da Islândia

Uma das grandes competições do calendário islandês, a Copa da Liga marca o início da temporada do futebol local. O retorno da disputa ao futebol nacional, depois de dois anos, é o fator que melhora a disputa entre os times na atual edição.

Dividia em quatro grupos com seis equipes em cada um, os confrontos entre os clubes da competição, acontecem em ida e volta, com os times enfrentando os rivais de cada grupo.

Maior vencedor da competição, o Reykjavíkur é o grande time do torneio. Dono de oito conquistas, nas temporadas de 1998, 2001, 2005, 2010, 2012, 2016, 2017 e 2019, o clube da Islândia é também o atual vencedor da competição local.

Grupo de pessoas em pé posando para foto

Descrição gerada automaticamente
Jogadores do Reykjavík comemoram título da Copa da Liga da Islândia. Foto: Twitter

Na edição atual, depois de três partidas disputas, o KR (abreviatura do nome da equipe “Knattspyrnufélag Reykjavíkur”), busca a sua nona conquista da competição e já largou bem nos primeiros jogos, com duas vitórias e um empate no Grupo C.

Mas, antes de falar sobre o gigante islandês, vamos conhecer os grupos da atual edição, e o que podemos esperar de cada um deles ao longo do torneio.

O Grupo A tem o Víkingur como grande expoente

A equipe que tem no meia Pablo Punyed, de El Salvador, o melhor jogador do time, vem como o clube favorito a ser o grande destaque dessa primeira fase da competição nacional, pelo Grupo A.

O jogador que chegou ao clube na temporada passada, e foi um dos grandes destaques da equipe na Liga de Futebol da Islândia, com nove assistências ao longo dos jogos.

A campanha do Víkingur, até aqui, é excelente. Com 100% de aproveitamento, o time acumula três vitórias em três jogos. O saldo de gols da equipe é positivo em +8, tendo feito 10 gols e levado apenas dois.

Jogador de futebol no campo

Descrição gerada automaticamente
Jogador do Vikíngur domina a bola em jogo da equipe. Foto: Blog Fernando Amaral FC

Na sequência, o Valur é o segundo colocado, com sete pontos em quatro jogos, com duas vitórias, um empate e uma derrota. O saldo de gols da equipe é positivo em +6, marcando 10 gols e sofrendo quatro ao longo do torneio.

Fecham o Grupo A os times do IBV, Handknattleiksfélag, Grótta e o Thróttur Vogar. O Vogar, por curiosidade, é o último colocado do grupo, com apenas um ponto conquistado em quatro jogos.

Pelo Grupo B, o Akranes largou bem na disputa

Dono da melhor campanha do Grupo B até aqui, o Akranes acumula em três jogos, duas vitórias e uma derrota, com seis pontos conquistados. Ao todo, foram oito gols marcados e quatro sofridos, que deixam o time com o saldo de gols positivo em +4.

Na segunda colocação, o Stjarnan segue na caça ao Akranes. Com quatro pontos conquistados em dois jogos (um a menos em relação ao rival), o Stjarnan soma uma vitória e um empate na competição, dando um total de quatro pontos conquistados.

Empatado com o Stjarnan em número de pontos, o KV possui um jogo a mais em relação ao rival, e tem uma vitória, um empate e uma derrota. Com sete gols levados e quatro gols feitos, o saldo de gols do time é negativo em -3.

Na sequência do grupo estão o Breioabli (3 pontos), Akureyri (2) e o Fjölnir (0). O último colocado do grupo acumula duas derrotas em dois jogos, marcando apenas um gol durante as partidas.

No Grupo C, KR e Leiknir disputam a primeira colocação

Com ambas as equipes empatadas com sete pontos em três jogos disputados, os times possuem os números iguais até nas vitórias e empates, sendo dois jogos ganhos para cada equipe, e um empate.

A diferença entre elas, e que dá ao time do KR a primeira colocação momentânea do grupo, é o número de 12 marcados, com apenas dois sofridos pelo KR, que tem um saldo de gols positivo de +10.

Grupo de pessoas lado a lado

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Jogadores do Leiknir comemoram gol da equipe islandesa. Foto: Facebook

Kórdrengir (4 pontos), Keflavíkur, Vestri e Afturelding (1), fecham o Grupo C. Vale ressaltar, que os três últimos, estão empatados na pontuação, com 1 ponto marcado para cada. A diferença entre eles, é que o Keflavíkur possui um saldo de gols menor em relação aos outros dois (-3x-5).

Com o Grupo D embolado, Fylkir, FH e Akureyrar estão empatados

Com três pontos conquistados na atual edição do torneio da Islândia, os melhores times do Grupo D estão separados pela diferença no saldo de gols. O Fylkir com um saldo de gols positivo em +6, é o líder momentâneo do grupo.

FH vem na sequência com os mesmos 7 pontos que o primeiro colocado, mas um saldo de +5. Já o Akureyrar, fecha o top 3 do grupo D, com 7 pontos e um saldo de gols de +3.

Na parte de baixo da classificação do Grupo D, o Grindavíkur e o UMF são as equipes que não pontuaram na competição nacional ainda. Com três jogos de cada e três derrotas, os times ainda buscam a primeira pontuação no torneio.

Pessoas de uniforme jogando futebol

Descrição gerada automaticamente
Jogadores do Akureyrar comemoram após o time marcar Copa da Liga da Islândia. Foto: Fernando Amaral FC

O UMF é o último colocado do grupo, por conta de um saldo de gols negativo em -10, enquanto o Grindavíkur tem o saldo de -7.

A próxima partida é válida pelo Grupo D, entre UMF e Grindavíkur, e ocorre nesta quinta-feira (03/03), com o início do jogo marcado para às 15:00 (horário de Brasília). Na sequência, os próximos jogos do torneio estão previstos para ocorrer a partir deste mês, e a fase de grupos se encerra no final de setembro.

Quer ficar ligado em tudo o que acontece no futebol da Islândia? Aqui no Bets, você vive antenado sobre tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo